Notícias

Intersind realiza Femur 2018

Intersind realiza Femur 2018

 

A 13° edição da Feira de Móveis de Minas Gerais, realizada de 26 de fevereiro à 1 de março pelo Intersind – Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá - teve a participação de 85 expositores, recebeu cerca de 12 mil visitantes de todo o Brasil e do exterior e foi marcada pela grande geração de negócios.

  A alta circulação, aliada ao novo formato da feira, que agora conta com estandes padronizados, proporcionaram a aproximação do cliente aos produtos. É o que afirma Alexandre Prates Pereira, diretor operacional da Orthocrin: “os lojistas têm maior liberdade para ver os produtos e conseguem transitar, com mais facilidade”. Para Alexandre, o formato é mais interessante não só para os lojistas, mas também para os fabricantes, “porque o custo fica mais razoável”, aponta. Afonso Magalhães Corbelli, diretor da Mavaular, conta que as vendas foram boas já no primeiro dia. “A feira ficou bem elaborada, os estandes montados todos iguais ficou muito bacana”, elogia.

  Diógenes Castro, gerente de vendas da Carolina Baby, explica que o novo formato permitiu com que a equipe trabalhasse mais a questão comercial. “Nos preparamos muito comercialmente, convidamos clientes, fizemos um trabalho de marketing, enfim, fizemos uma boa preparação”.

  Os lojistas também aprovaram. Carlos Renato, da Rede Casas Ciclista, é de Caratinga - MG e parabeniza a feira: “a feira está muito bonita, com muita variedade. Está nos recebendo muito bem”, conta.

  Vanessa Maran, da loja online LokasKD, com sede em Curitiba - PR, também diz ter gostado bastante: “O formato é diferente das feiras anteriores e achei bem bacana porque o destaque está para os móveis mesmo. Já vimos bastante novidades e tendências”, afirma.

  O evento, que é exclusivo para lojista, também tem impacto na economia local. Só no setor moveleiro, Jocelen Costa, gerente da Via Mundo, estima pelo menos 1500 leitos diários ocupados em Ubá e região. “Nessa edição, contamos com melhoria na parte de hotelaria da região, que foi preparada para essa feira, com pintura, estrutura e novos leitos”, afirma. A gerente ressalta a grande procura por hospedagem, transporte e transfer disponibilizados no Aeroporto Regional da Zona da Mata. “Teve uma boa aceitação”, pontua.

 

 

 

Veja Também